Madonna relembra quando foi multada pela Rússia após discurso em prol da comunidade LGBTQ+


Madonna usou suas rede sociais nessa segunda-feira (20 de Julho), para relembrar uma situação de 2012 que aconteceu em uma Turnê na Rússia durante agosto. A estrela fez um discurso pelos direitos da comunidade LGBTQ+, e por conta disso acabou sendo multada por 1 milhão de dólares, as leis opressoras da Rússia proíbem qualquer tipo de "propaganda" em prol da comunidade Gay. No entanto, ela afirmou que nunca pagou e nem pagará.

"Fiz esse discurso no show em St. Petersburg, há oito anos. Fui multada pelo governo em $1 milhão pelo apoio à comunidade gay. Eu não paguei", escreveu a cantora, e logo em seguida já tem um trecho de um vídeo do show.

Veja:

Na ocasião, após ter seu nome gritado por milhares de fãs, Madonna disse para que eles não tivessem medo.
"Queremos lutar pelo direito de sermos livres, de sermos quem nós somos. É um tempo muito estranho. Tenho viajado pelo mundo e sinto isso no ar. Pessoas estão ficando mais e mais amedontradas com aqueles que são diferentes. E estão ficando mais intolerantes", discursou a artista, enquanto o público levantava pequenas placas com as cores da bandeira arco-íris.
"Mas nós temos o poder para mudar isso. Não precisamos usar a violência, mas o amor", consta de outro trecho da fala da cantora, que acrescentou, na época, que a comunidade gay da Rússia e do resto do mundo, precisam ter os mesmos direitos de qualquer outro cidadão. 

A cantora Madonna é uma das maiores artistas a apoiarem a comunidade LGBTQ+ desde o início de sua carreira, e no ano passado ela foi agraciada com o GLAAD Advocate for Change Award, que reconheceu a importância de seu ativismo durante os últimos anos.

Postar um comentário

0 Comentários